Perguntas Frequentes

  1. Recebi um piso com defeito e gostaria de registrar uma reclamação, como faço?

    Resposta: Gentileza enviar a cópia da Nota Fiscal do produto reclamado, endereço completo da obra, telefones para contato e descrição do defeito reclamado para o e-mail: sac@incefra.com.br

  2. Existe um prazo para registrar reclamações?

    Resposta: A Lei n. 8.078/90, de 11/09/1990 (Código de Defesa do Consumidor) define duas situações distintas:

    • Defeitos aparentes: podem ser reclamados até 90 dias após a compra, portanto guarde bem a sua nota fiscal;
    • Defeitos ocultos: são aqueles que ocorrem apenas após o uso, e devem ser reclamados assim que ocorrerem.

  3. Após abertura da reclamação, em quanto tempo serei atendido?

    Resposta: A Lei n. 8.078/90, Art. 18 de 11/09/1990 (Código de Defesa do Consumidor) define o prazo máximo de trinta dias para que possamos apresentar um parecer a nossos consumidores, para isso precisamos da visita de um dos nossos técnicos/representantes para análise da reclamação, porém a nossa meta é atender o mais rápido possível.

  4. Produtos tipo A podem apresentar defeitos?

    Resposta: De acordo com a Norma NBR13818, permite-se no máximo, 5% de peças com defeitos.

  5. Comprei um determinado produto há algum tempo atrás e gostaria de comprar mais, onde posso encontrá-lo na minha região?

    Resposta: Por gentileza, envie um email para o sac@incefra.com.br informando a cidade que se encontra e a referência ou foto do produto para que possamos localizar a loja mais próxima que recebeu os últimos lotes, ou se por ventura o mesmo saiu de linha.

  6. A que devo atentar-me quando for comprar um complemento para obra?

    Resposta: Os principais fatores são a bitola e a tonalidade do produto, o complemento deve pertencer ao mesmo lote da compra anterior para não apresentar diferenças futuramente.

  7. O que fazer antes de iniciar o assentamento?

    Resposta: Confira se o material entregue é o constante na Nota Fiscal e se as caixas estão em bom estado. Compare as informações da caixa do produto com o que consta na NF. Estoque o produto em ambientes protegido do sol e da chuva. Verifique se todas as caixas recebidas têm o mesmo número no item “tonalidade” e “tamanho”. Caso precise comprar posteriormente outra quantidade de revestimentos cerâmicos, procure comprar caixas do mesmo lote do que foi comprado anteriormente. Monte um painel a fim de verificar se o produto recebido está em perfeitas condições, pois produto assentado é produto aceito.

  8. Podem existir peças diferentes dentro da embalagem ?

    Resposta: Alguns modelos possuem variações de faces, os quais são desenvolvidos com a nova tecnologia de impressão digital. Esse sistema de decoração utiliza um equipamento diferenciado que se destaca pela Alta Tecnologia HD, na qual as peças são impressas em alta definição. Esses produtos reproduzem texturas de tecido, papel de parede, pedra, tijolo, madeira ou até fibra natural. O resultado é um conjunto de placas cerâmicas com variações de faces que podem proporcionar combinações muito mais reais. Assim, alguns produtos possuem variações de desenhos e tonalidades intencionais, podendo ser diferentes uns dos outros, como acontece na natureza.

  9. Posso assentar o produto com junta seca?

    Resposta: Não. É obrigatório o uso de juntas e para saber a medida desses espaços, consulte a embalagem do material ou o SAC da Incefra. As juntas são espaçamentos regulares entre as placas cerâmicas e sua importância está em: compensar pequenas variações dimensionais entre as peças cerâmicas permitidas pela norma, proporcionar estanqueidade ao conjunto das placas, melhorar o aspecto visual, absorver as tensões de compressão das placas e permitir a troca de peças cerâmicas sem que se quebre o restante.

  10. O que é PEI?

    Resposta: O PEI dos produtos Incefra que vai de 2 à 5, é uma característica que auxiliará a durabilidade do revestimento cerâmico. É a classificação da superfície esmaltada, de acordo com a quantidade de tráfego que ela irá receber (resistência ao desgaste), quanto maior o PEI, maior será a resistência, portanto o PEI não é apenas sinônimo de qualidade, mas sim a escolha adequada do produto versus o seu local de aplicação e ao uso que será proposto, alinhado por uma manutenção correta.

  11. Que tipo de cuidado devo ter com pisos que possuem o esmalte brilhante?

    Resposta: Os esmaltes brilhantes são suscetíveis a riscos caso o produto tenha uma manutenção inadequada, para protegê-lo desta eventualidade, indicamos que evite o arraste de objetos sobre a superfície esmaltada, proteja os ambientes utilizando dispositivos para limpeza do solado de calçados, como capachos, para também evitar danos provenientes de areia, que é um material bastante abundante no meio ambiente e também é capaz de causar riscos.

  12. Produtos tipo A também podem sofrer lascamentos?

    Resposta: Sim, e é algo que não está ligado a qualidade da cerâmica, e sim a certos cuidados que devemos ter com os produtos, como evitar a queda frequente de objetos pesados ou pontiagudos, inclusive utilizando tapetes ou carpetes próximos a locais críticos como pias, geladeiras e armários, que auxiliam amortizando o impacto sobre a placa cerâmica, pois o esmalte nada mais é do que uma superfície vítrea (vidro) que necessita certos cuidados.